Central de Atendimento

Central de
Atendimento

Central de Atendimento

Horário de atendimento

Segunda à Sexta 09h às 18h

Perfil

Entre ou
Cadastre-se

Perfil

Você ainda não esta logado

Carrinho

Carrinho
de Compra

Carrinho de Compra

Nenhum produto adicionado

Quantidade
0 Produto(s)

Subtotal
R$ 0,00

Continuar Comprando

Os melhores produtos do

Segmento

Tenha acesso aos melhores

Cursos

Treinamentos de Técnicas

Especiais

Sobre Nós

Molon Labe Tactical Combat

Escola de Autodefesa itinerante mudando a mentalidade e levando os melhores treinamentos com técnicas responsáveis e aplicáveis ao dia a dia dos que se preocupam com a própria segurança e com a segurança de sua família. 

 

 

PRODUTOS

Destaques da Loja

  • R$ 69,90

    Camiseta deFEMda-se - GIRLS JUST WANNA HAVE GUNS

  • R$ 69,90

    Camiseta deFEMda-se - LOVE

Nossa Agenda

Os próximos cursos

21
May

DeFEMda-se

O deFEMda-se é um projeto criado com muito cuidado para mulheres que estejam dispostas a assumir o controle da sua própria segurança.

28
May

Retenção de Arma de Fogo

Destinado àqueles que entendem a importância de sempre proteger a sua arma.

11
Jun

Curso de Habilidades Essenciais - Pistola

Se você resolveu possuir uma arma, ou acredita que conhecimento é poder, quer aprender um pouco mais sobre o universo do tiro e se preocupa com a sua segurança e a da sua família, seja consciente e saiba como e quando utilizá-la.

Alunos Formados

0

Alunos Formados

Cursos Ofertados

0

Cursos Ofertados

Anos de Experiência

0

Anos de Experiência

Profissionais

Nossa Equipe

Leonardo Pinheiro

Instrutor de Defesa Pessoal, Instrutor de Armamento e tiro, Especialista em artes marciais, Professor de Educação Física, Especializado em Treinamento Funcional e Preparação Física para atletas

Igor Pakato

Instrutor de Defesa Pessoal, Instrutor de Armamento e tiro, Instrutor de CQB, Policial Civil, Operador Tático Especial, Especialista em artes marciais.

Marcelo Dias

Instrutor de Retenção de Arma de Fogo, Instrutor de Arrombamento Tático e Explosivos, Instrutor de CQB, Policial Civil, Operador Tático Especial e Atirador de Precisão Policial.

Álvaro Milhomem

Instrutor de Defesa Pessoal, Instrutor de Tecnologias Menos Letais, Instrutor de APH EM COMBATE, Instrutor de CQB, Policial Civil, Operador Tático Especial, Atirador de Precisão e Operador Aerotático.

Depoimentos

O que nossos alunos dizem

  • Sou civil, não trabalho com arma de fogo, nem algo parecido. Fiz o curso de APH com a Molon Labe, no início do ano, pois vi a necessidade de aprender algo muito valioso que pode nos salvar em algum acidente. São técnicas de fácil utilização, nada mirabolante ou algum conhecimento específico! Aprendemos o necessário para conseguir esperar socorro ou chegar ao Hospital. Algumas situações, acidentes, ocorridos em casa, podem ter suas consequências amenizadas com as abilidades que adiquiri no curso. Outro ponto importante que aprendi, foi manter a calma em momento de estresse! Acho que esse é o diferencia, fazer o necessário para salvar seu companheiro (a), familiar, sem ficar nervosa ou travar.

    Barbara Wolf

    APH em combate

  • Como expressar em poucas palavras o curso DeFEMda-se em minha vida, o curso superou todas as minhas expectativas, pois foi muito além de apenas mais um curso de defesa pessoal e armamento e tiro voltado para mulheres. Esse curso foi um divisor de águas em minha vida, sempre ando atenta e repassar mentalmente tudo que aprendi naquele curso com pessoas maravilhosas você Bia, o Igor e o Léo que tem o dom de passar de forma bem didática e leve todo o conhecimento que há muito foi restrito para as mulheres... Fazer parte desse projeto DeFEMda-se foi algo que me moldou para toda vida e saber que ele rem continuidade trás segurança de que sempre estaremos preparadas para o que der e vier... Sou extremamente grata por todos os ensinamentos... Mais uma vez muito obrigada a equipe Molonlabe por proporcionar experiências incríveis para mim e diversas mulheres....

    Rosilene Penha

    deFEMda-se

  • Durante o DeFEMda-se, aprendi como devo agir em situações perigosas, como prestar atenção nos sinais de possíveis ataques e as diversas possibilidades de fuga de uma ameaça. Muito além de um simples curso de defesa pessoal feminina e treinamento de tiro, o curso orientado por esses profissionais tão qualificados, da Molonlabe, me deu as ferramentas para ter a capacidade de controlar as emoções, o medo e a reação, para que eu possa me livrar de forma segura preservando minha vida. Saí de lá uma outra Cris e agradeço de coração esse time de feras por isso! Vocês são fantástico! Entrei ovelha e saí cão pastor! Obrigada!♥️

    Cristiane Abreu

    deFEMda-se

  • Participar de um projeto como o deFEMda-se pra mim tem sido um desafio diário de reinvenção. O principal impacto foi a mudança de visão mesmo. Eu saí de uma postura de completa negação quanto aos assuntos relacionados à violência à proteção, qualquer coisa que se parecesse com violência na minha vida era um pouco nulo. Dessa negação eu saí para uma postura onde eu sou a protagonista. Eu me tornei a principal responsável pela preservação da minha vida. E, lógico, veio um acréscimo de amor próprio, de energia, de tudo de bom que a vida tem ainda pra mim. Enfim foi um dos melhores investimentos que eu fiz com toda sinceridade.

    Andrea Muricy

    deFEMda-se

  • Está sendo muito bom treinar, até com as armas. Mesmo que eu não as tenha. Sobre garantir, depende do caso. Há diversos casos de muito sucesso, de mulheres de várias idades que conseguiram se livrar da morte ou outra violência. Mas também existem os casos que não deram certo. Aí, cada grupo defende sua ideia oposta a outra. Eu, posso dizer por mim, tinha medo de arma, chorei no primeiro dia. Hoje, não mais. Então já foi uma superação. Se eu passar por uma situação e conseguir pegar a arma da pessoa, saberei o que fazer. Mas, o maior ganho, e a nossa esquerda não entende isso, é o conhecimento da mente atenta. Evitar os conflitos é a meta maior. Estar alerta para não acontecer. As pessoas acham que os treinos são para matar. Ledo engano, os treinos são para evitar os combates. Mas, se acontecer, a gente não fica tão caça mais. Acho que só uma mulher que foi caçada sabe o que quero dizer. Não pretendo matar ninguém, não como nem fígado nem coração de ninguém, mas não quero ser caça nunca mais. A consciência que tenho hoje aumentou com os conhecimentos adquiridos em todas as aulas. Ouso dizer que muitas, para não generalizar, a grande maioria de nós se sentiria mais consciente de si mesma com aulas de autodefesa. Seja a instrução que for. Negar essa necessidade, é tampar os olhos para uma realidade que vivenciamos e vivemos combatendo nas redes sociais, nas passeatas, nos nossos trabalhos de artistas. Se essa realidade existe, nada mais justo que estar mais preparada pra ela. Sou artista, mulher, leio notícias, estatísticas e vivi a parada. Dei muita sorte de ter vizinhos. Aliás, para quem mora na cidade, onde as pessoas evitam ajudar mulheres que estão sendo espancadas, gritem FOGO, e não socorro. FOGO todo mundo vai aparecer para ajudar a apagar. Socorro, as pessoas se escondem por medo. Aprendi no curso.

    Luciana Glapas

    deFEMda-se